top of page
  • Facebook
  • Instagram

Siga-nos nas redes socias

  • Foto do escritorIndexcom Agência

Ervas Daninhas Resistentes Ao Glifosato - O que fazer?



Na região Sul, os principais biótipos resistentes ao glifosato, identificados e registrados oficialmente no Brasil são: Conyza bonariensis (buva, pulicária-peluda), Conyza canadensis (buva), Conyza sumatrensis (buva, avoadinha-marfim), Lolium multiflorum (azevém), Digitaria insularis (capim-amargoso), entre outras.

Veja algumas recomendações podem ser consideradas na prevenção e no controle de ervas daninhas resistentes:

· A rotação de culturas permite a utilização de um número maior de herbicidas com diferentes modos de ação.

· Aplicar em momentos diferentes, por exemplo, pré-emergente e pós-emergente e melhorar a densidade de semeadura.

· Aplicar as doses recomendadas de acordo com os rótulos dos herbicidas.

· Manter as ervas daninhas controladas durante todo o período de crescimento da cultura.

· Remover plantas resistentes que ficaram sem controlar no campo;

· Considerar o controle preventivo, realizar a limpeza de equipamentos e materiais como colheitadeiras antes de sair das áreas, em seguida, destruir os restos da limpeza para evitar a propagação.

· Use semente limpa certificada.

A equipe técnica da Plantimar está sempre à disposição do amigo do campo para fazer as melhores recomendações!

Plantimar, Competência no Atendimento e Compromisso com a Produtividade!


Fonte: croplifela

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page