top of page
  • Facebook
  • Instagram

Siga-nos nas redes socias

SELO 21 ANOS
  • Foto do escritorIndexcom Agência

Quais são os principais fatores de produtividade agrícola da soja?


A produtividade agrícola depende de uma série de fatores que vão muito além do clima ou umidade da região. Vamos focar no que é possível  o amigo produtor controlar, onde o cuidado deve começar no planejamento da lavoura,  antes mesmo da semeadura e ir até o pós- colheita. Veja a seguir!







1. Gestão agrícola

Tudo começa com o hábito de fazer um histórico de cada safra, por talhão, com dados básicos como o rendimento de cada safra, dos métodos de cultivo adotados, das sementes utilizadas, das condições do solo, além de cada ação de manejo feita. 

Com essas informações, é possível tomar decisões mais assertivas para fazer o planejamento das próximas plantações.


2. Escolha das cultivares

Hoje o mercado dispõe de diversos tipos de cultivares de soja, possibilitando o agricultor escolher a variedade mais adequada para a sua lavoura.

Existem variedades mais resistentes a pragas, a diferentes herbicidas, outras apresentam um melhor enchimento dos grãos e diferentes ciclos de vida. 

Além de avaliar as características do local de cultivo é importante avaliar o objetivo da propriedade rural na hora de tomar essa decisão.


3. Manejo do solo e adubação

A fertilidade do solo impacta no rendimento de qualquer cultura, e por isso, o manejo do solo é uma ação imprescindível. É preciso evitar que ele esteja compactado e garantir que tenha todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento das plantas.

Sendo assim, o primeiro passo é realizar uma análise de solo para entender quais são as correções necessárias. A prática do plantio direto é bastante positiva a longo prazo, porque aumenta a quantidade de matéria orgânica disponível.

Fazer uso de adubos e fertilizantes de acordos com a necessidade do solo, são fundamentais para impulsionar a produtividade da cultura.


4. Controle de pragas e plantas daninhas

O Manejo Integrado de Pragas (MIP) pode ser uma alternativa interessante, dependendo da realidade de cada lavoura.

A presença de insetos, fungos e outros organismos causadores de doenças só costuma ser percebido quando as plantas apresentam algum sintoma. O problema é que quando isso acontece já pode ser tarde demais para salvar a produtividade da sua lavoura, por isso, é importante sempre monitorar.

O uso intenso de defensivos agrícolas pode trazer prejuízos a longo prazo por causa do risco de resistência. Portanto, utilize esses produtos apenas quando for necessário.

O controle de plantas daninhas, é importante conservar a lavoura limpa, utilizando herbicidas adequados para o controle. 


5. Aplicação das melhores técnicas de colheita e pós-colheita

A colheita da soja é o momento mais esperado e é muito importante evitar perdas.  Para isso, é preciso escolher o momento certo da colheita, certificar-se de que as colheitadeiras estejam bem reguladas e os caminhões de transporte estejam bem vedados.

Para garantir que seus grãos e todo o trabalho estejam garantidos, conte com a Plantimar, que dispõe de diversas unidades de armazenamento.

Fonte: Yara

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page